30 janeiro 2012

Assessoria De Comunicação Colaborativa 2012


O 5° Festival Nacional de Teatro de Araçuaí encerrou nesse domingo dia 29 de Janeiro, com a apresentação da peça “POIS É VIZINHA”. Gostaria de agradecer a todos que nos acompanharam nessa semana através da radio VALE FM, boletim impresso, e nosso blog. 

Foi um prazer imenso passar essa semana tão corrida ao lado de pessoas maravilhosas que faziam parte da assessoria de comunicação, composta por estudantes da UFMG e jovens da cidade de Araçuaí. Em nome de toda a assessoria agradeço a todos, muito obrigado. Até a próxima. E sem duvidas essa galera ai em baixo deixa muitas saudades no peito. 



Da esquerda para direita, embaixo: Gáudio Luiz, Agda Bali, Dionizio Santana, Widler Maciel, Mayrane Borges,  Raphael Barreto e Laís Ferreira. 
Da esquerda para direita, acima: Laís Carmona e Renata Delgado. Faltaram nesta foto os integrantes da equipe Anselmo Consenza e Thaís Pereira.


29 janeiro 2012

Último Boletim Informativo do 5° K-IAU em Cena # 8

V K-iau #8

Fala K-IAU #7


Ouça o último programa de Fala K-aiu que é transmitido todos na rádio Vale FM às 16hs, até o ultimo dia de espetáculos:


Produzido pela Assessoria de Comunicação Colaborativa do 5º K-iau em Cena.
Locutores: Agda Bali e Widler Raphael


Entrevista com a Assessoria de Comunicação Colaborativa do 5º K-IAU em Cena na Rádio Vale FM

Dia 29 - Espetáculo: Pois é Vizinha...



Espetáculo: Pois é, Vizinha ...
Grupo: Companhia de Solos & Bem Acompanhados - Porto Alegre/RS
29 de janeiro de 2012 – Domingo às 20h

Uma divertida adaptação do texto "Una Donna Sola", de Franca Rame e Dario Fo (Prêmio Nobel de literatura 1997), conta a estória de Maria, uma dona-de-casa trancafiada em casa pelo marido "gauchão" que é obrigada a suportar o cunhado semi-paralítico e tarado, o "voyeur" do prédio vizinho, o tarado do telefone e o apaixonado rapaz que é professor de inglês. Um dia se depara com uma vizinha do prédio em frente e desabafa. Aos poucos, o simples cotidiano revela-se patético.

Não Perca: Em mais de 570 apresentações, assistido por mais de 200.000 pessoas nos dezoito anos de estrada, “Pois é, Vizinha ...” vem conquistando platéias de todas as idades no Brasil e também na Argentina, além de participar de reconhecidos festivais e projetos, entre eles o Palco Giratório SESC e todas as edições da Mostra Porto Verão Alegre. A atriz Deborah Finocchiaro participou das minisséries da Rede Globo "Incidente em Antares" (1994), "Comédia da Vida Privada" (1997) e "A Casa das Sete Mulheres" (2003) e programas especiais da RBS TV. Atualmente é colunista de teatro na Rádio BandNews FM Porto Alegre.

Duração: 70 minutos - Recomendação: 12 anos


BAIXE O PROGRAMA DO FESTIVAL:
http://pt.scribd.com/fullscreen/79576603?access_key=key-14awsx3msflcn2lxf9km

28 janeiro 2012

Boletim Informativo do 5° K-IAU em Cena # 7

V K-iau #7

Entrevista da Cia. de Solos e Bem Acompanhados à Rádio Vale FM 96,7 Araçuaí

Fala K-IAU # 6


Ouça o programa de Fala K-aiu que é transmitido todos na rádio Vale FM às 16hs, até o ultimo dia de espetáculos:



Produzido pela Assessoria de Comunicação Colaborativa do 5º K-iau em Cena.
Locutores: Agda Bali e Widler Raphael

5º K-IAU em Cena- TV Araçuaí: reportagem 27-01






Dia 28 - Espetáculo: Sobre Anjos & Grilos - O Universo de Mario Quintana



Espetáculo: Sobre Anjos & Grilos - O Universo de Mario Quintana
Grupo: Companhia de Solos & Bem Acompanhados
Porto Alegre/RS
 28 de janeiro de 2012 - Sábado às 20h

Este é um espetáculo híbrido - cômico / lírico / poético - no qual a atriz Deborah Finocchiaro, numa junção entre a fala, o gesto, a poesia, as artes plásticas e a música, conta, interpreta e canta textos, poemas e trechos de entrevistas de Mario Quintana, falando sobre o amor, a morte, os acordos sociais, a guerra, o progresso, a destruição do meio ambiente, o consumo, a mídia, as religiões e, principalmente, a valorização da vida.

A interpretação investe na pesquisa da linguagem corporal e vocal, reforça climas e intenções, valorizando os textos e as imagens criadas pela artista plástica Zoravia Bettiol, que são projetadas no palco.

Não Perca: Estreado em 2006, vem participando de temporadas, projetos e festivais nacionais e internacionais, entre eles o CENACONTEMPORÂNEA (Brasília/DF), FILO - FESTIVAL INTERNACIONAL DE LONDRINA, PORTO ALEGRE EM CENA, GOIÂNIA EM CENA, JANEIRO DOS GRANDES ESPETÁCULOS (Recife/PE), FESTCAMP (Campo Grande/MS) e MOSTRA SESC CARIRI - Crato/CE. Além disso, foi um dos quatro espetáculos convidados do Brasil no evento DIÁLOGOS CÊNICOS BRASIL-ESPANHA: LINGUAGENS HÍBRIDAS no Centro Cultural São Paulo, em 2008. Espetáculo solo de Deborah Finocchiaro.

Duração: 60 minutos - Recomendação: Livre

Dia 28 - Espetáculo: A Princesa Engasgada



Espetáculo: A Princesa Engasgada
Grupo: Farroupilha – Ipatinga/MG
28 de janeiro de 2012 - Sábado às 10h

Na montagem, o Farroupilha conta a divertida história da camponesa que quer dar uma lição no marido, do camponês que vira médico e da pobre princesa que deixa todo o reino em alvoroço por causa da sua doença. Sendo sempre um prato cheio de diversão para crianças e adultos.

O texto é assinado pela dramaturga carioca Márcia Frederico, e foi inspirado livremente em “O Médico à força”, de Molliere. A direção é do saudoso ator e diretor Ipatinguense Antonio Guarnieri que, com o auxilio do Farroupilha, deu ao espetáculo um visual cheio de cor e alegria.

Não Perca: Espetáculo concebido para o público infantil.

«A princesa engasgada» é ainda hoje, 12 anos depois de sua estréia, o trabalho mais conhecido do Farroupilha. Tendo sido apresentado nas diversas bandas de Minas Gerais e outros estados com significativo sucesso. No elenco Didi Peres, Sinésio Bina, Claudiane Dias e Torosca Silvestre.

Duração: 50 minutos - Recomendação: Livre

Boletim Informativo do 5º K-IAU em Cena # 6

V K-iau #6

Em cena com você # 6


Espetáculo arquivo vivo - Foto: Renata Delgado

Por: Dionizio Santana.

O grupo Farroupilha composto por Claudiane Dias, Didi Perez, Sinésio Bina e Torosca Silvestre, apresentou nessa sexta- feira dia 27 de janeiro a peça “ARQUIVO VIVO”.

A apresentação aborda um tema polêmico de forma descontraída. A história se passa em uma pequena cidade no interior mineiro que gira em torno de um filho do prefeito corrupto com uma quitandeira que morreu logo após o parto. Como isso poderia levar a vida política e social do prefeito por água a baixo, logo o mesmo manda o seu assessor sem escrúpulos arquivar “o processo” com o anexo, assim surge o arquivo vivo. A peça inteira é cheia de armações, intrigas, tramóias.

O texto se baseia na obra de Beto Oliveira, “O arquivo vivo da prefeitura”. A apresentação foi um grande sucesso.  O evento de sexta foi finalizado com um show ao vivo com a maravilhosa presença dos Tambozeiros do Rosário, e muita gente animada.

Espetáculo a Princesa Engasgada


E hoje dia 28 de janeiro o grupo esteve no palco do Luz da Lua novamente, com a peça infantil “A PRINCESSA ENGASGADA” que abriu espaço para a criançada também curtir o k-iau. Ela agradou a todos, inclusive aos adultos que participaram, dançaram, cantaram juntos com seus filhos, sobrinhos e amigos.  Foi um momento muito gostoso desta manhã de sábado. Começamos o dia muito bem! "É uma peça muito legal e engraçada", diz Isadora Delgado, uma das crianças que assistiu o espetáculo, ela tem 8 anos.  Esta peça faz parte do repertório do grupo desde seu surgimento.





27 janeiro 2012

Entrevista do grupo teatral Farroupilha à Rádio Vale FM 96,7 Araçuaí

Entrevista do grupo teatral Farroupilha à Rádio Vale FM 96,7 Araçuaí

Entrevista do grupo teatral Farroupilha à Rádio Vale FM 96,7 Araçuaí

Entrevista do grupo teatral Farroupilha à Rádio Vale FM 96,7 Araçuaí

Dia 27- Espetáculo: Arquivo Vivo



Espetáculo: Arquivo Vivo
Grupo: Farroupilha – Ipatinga/MG 27 de janeiro de 2012 - Sexta às 20h

Um prefeito corrupto, um assessor sem escrúpulos, uma primeira dama fútil e uma traição conjugal. Agora, vamos supor que este prefeito tenha um filho bastardo e a mãe da criança, uma pobre quitandeira, morra no parto e o bebê vá parar na prefeitura. A criança acaba se transformando em um autêntico arquivo vivo., O espetáculo conta esta intrigante e bem humorada história que vira uma pequena cidade mineira de ponta a cabeça. O que pode acontecer a partir daí? Revelações de tramóias políticas, relações de infidelidade, disputa pelo poder e uma série de outras confusões. O texto é uma livre adaptação do conto “O arquivo vivo da prefeitura”, de Beto Oliveira.

Não Perca: O arquivo vivo leva a assinatura de Júlio Maciel, na direção, e dramaturgia de Eduardo Moreira, ambos do Grupo Galpão, e Sinésio Bina(Farroupilha). A criação de luz é da premiada Telma Fernandes., Após temporadas bem sucedias em Belo Horizonte, no Galpão Cine Horto, e uma passagem pela cidade de Juiz de Fora, onde o espetáculo conquistou cinco prêmios no Festival Nacional de Teatro, o Grupo Farroupilha participa pela primeira vez de um «K-iau em Cena».

Duração: 60 minutos - Recomendação: Livre


BAIXE O PROGRAMA DO FESTIVAL:
http://pt.scribd.com/fullscreen/79576603?access_key=key-14awsx3msflcn2lxf9km

Boletim informativo 5°K-IAU em cena # 5


V K-iau #5


Fala K-IAU #5



Ouça o programa de Fala K-aiu que é transmitido todos na rádio Vale FM às 16hs, até o ultimo dia de espetáculos:



Produzido pela Assessoria de Comunicação Colaborativa do 5º K-iau em Cena.
Locutores: Agda Bali e Raphael Barreto 

Em cena com você # 5

Espetáculo "Hay amor" -   Foto: Dionizio Santana

Por: Dionizio Santana

A Cia os Geraldos é composta por jovens atores que saíram de Campinas (SP), viajaram muitas horas para fazerem duas apresentações no K-iau. A primeira, “Hay Amor” no dia 25 de janeiro e a peça Números do dia 26, peças de gêneros completamente diferentes. 


Na quarta-feira o cenário se dá em torno de um banco de praça, onde acontecem cenas que abordam o amor em suas diversas facetas, principalmente a brega, tudo com uma pitada de comédia . A peça utiliza recursos como dança, música e elementos audiovisuais que tornaram esta uma da mais lindas apresentações do festival.  O espetáculo é muito extrovertido e bem abrangente, afinal, quem de nos nunca se apaixonou?




 Espetáculo "Hay amor" -   Foto: Dionizio Santana




Já quinta-feira havia uma grande expectativa do público para apresentação, pois Hay amor esgotou a loteria e foi elogiado por muitos. 


Números é uma peça para quem “sorri para a vida”, de acordo com um dos personagens. 
No teatro  os atores se passam por artistas de circo e fazem inúmeras apresentações  as quais nem sempre eram bem sucedidas,  provocando inúmeras risadas no publico do inicio ao fim. 




26 janeiro 2012

# 4 Boletim Informativo do 5º K-IAU em Cena # 4

V K-iau #4

Dia 26 - Espetáculo: Números



Espetáculo: Números
Grupo: Os Geraldos – Campinas/SP
26 de janeiro de 2012 – Quinta às 20h

Números é uma comédia em que um grupo de artistas mambembes se multiplica em diversas funções para apresentar uma série de números inspirados na tradição circense.

Um espetáculo que traduz o amor do artista pelo seu público e que, apostando no talento humano para realizar esta alquimia que transforma a pobreza de recursos materiais em arte, torna-se uma metáfora não apenas da situação do artista hoje, mas do próprio povo brasileiro. Também ele um alquimista que transforma sua miséria material em arte, alegria e beleza.

Não Perca: A peça conquistou vários prêmios, sendo o primeiro deles o de melhor espetáculo no II Festival de Teatro de Campinas (2008). Venceu também o Festival Nacional de Teatro de Mogi Mirim (2008) nas categorias melhor espetáculo, direção, figurino, atriz e ator, e foi premiada ainda pela melhor direção, dramaturgia, maquiagem e ator coadjuvante no Festival de Teatro de Atibaia (2009) .No Festival Internacional de Blumenau (SC), obteve, entre outros, os prêmios de Melhor Espetáculo, Melhor Conjunto de Atores e Melhor Figurino. Participou também do Festival de Teatro de Ponta Grossa (PR), onde arrebatou 10 das 14 categorias, entre elas Melhor Espetáculo, Melhor Ator e Atriz e outros.

Duração: 50 minutos - Recomendação: 12 anos

Fala K-IAU # 4




Ouça o programa de Fala K-aiu que é transmitido todos na rádio Vale FM às 16hs, até o ultimo dia de espetáculos:


Produzido pela Assessoria de Comunicação Colaborativa do 5º K-iau em Cena.
Locutores: Agda Bali e Widller Raphael

Entrevista do grupo teatral Os Geraldos à Rádio Vale FM 96,7 Araçuaí

ouça a entrevista do grupo teatral Os Geraldos à Rádio Vale FM 96,7 Araçuaí

Entrevista do grupo teatral Os Geraldos à Rádio Vale FM 96,7 Araçuaí

Problemas técnicos

Boa Tarde,

ontem tivemos um problema técnico que retirou o blog do K-iau do ar. Pedimos desculpas a todos que tentaram acessa-lo. Já estamos atualizando a programação e as notícias dos últimos acontecimentos do Festival. Não deixem de acessar e divulguem nossa página para todos os interessados.

Obrigada,

Assessoria de comunicação do 5° K-iau em Cena









2ª entrevista do grupo teatral Os Geraldos à Rádio Vale FM 96,7 Araçuaí

2ª entrevista do grupo teatral Os Geraldos à Rádio Vale FM 96,7 Araçuaí

25 janeiro 2012

Em cena com você # 4

Foto: Laís Carmona
Por: Dionizio Santana

Nessa terça-feira, dia 24 de janeiro, o grupo Fibra apresentou uma peça maravilhosa, com os atores: Terezinha Lígia, Lucilio Gomes, Gilberto e Amauri Tibio, de Montes Claros. A  peça "VEM VER BOI" retrata vários temas que, de certa forma, estavam esquecidos, e que marcaram a história do Brasil, e alguns deles sem solução. A apresentação faz com que nós possamos refletir sobre esses acontecimentos.

Todos os momentos da peça foram inesquecíveis, mas um dos momentos que mais marcou foi quando os atores se vestiram de rei e de rainha e começaram a discutir o assunto tão polêmico, que é a política do Brasil. Em entrevista, Lucílio Gomes ressalta: "a corrupção está no Brasil desde que ele começou a ser colonizado". Uma das propostas da apresentação é de abrir os olhos de todo o público, que segundo ela é manipulado como marionete pela midía, que distorce e abafa fatos de grande importância para o nosso país.

Vale a pena falar da interação com o público que o grupo teve, que fez com que todos cantassem e acompanhassem com palmas no momento de finalização da peça, além de provocarem  brincadeiras de improvisação de versos.

Logo após a apresentação, o evento se finaliza com o show ao vivo com o cantor Toni Franca no bar do K-IAU. Um momento de descontração, e uma forma de esquecer os problemas e aproveitar o que a vida tem de melhor.




Entrevista do grupo teatral Ícaros do Vale à Rádio Vale FM 96,7 FM

Entrevista do grupo teatral Fibra à Rádio Vale FM 96,7 Araçuaí

Dia 25 - Espetáculo: Hay Amor


Espetáculo: Hay Amor
Grupo: Os Geraldos – Campinas/SP 
25 de janeiro de 2012 - Quarta às 20h
A peça é uma criação em torno do tema “a gente é brega enquanto ama”.
Um banco de praça de uma cidade interior dá lugar a imagens e sensações de um grupo de amigos que tenta, por todos os meios, representar o amor, no esforço de dizer o indizível. Por meio de uma trajetória de cenas curtas, de pequenos recortes de sensações, cantamos as músicas dos nossos corações acompanhando encontros e desencontros emblemáticos dessa aventura humana que ao mesmo tempo em que nos faz ridículos, torna-nos sinceros também.
Não Perca:A peça «Hay Amor» é uma criação coletiva de final de curso de alunos de graduação do Departamento de Artes Cênicas do Instituto de Artes/Unicamp, foi dirigido por Verônica Fabrini, coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Artes.

O espetáculo é ancorado fortemente na pesquisa e mistura teatro, dança, música e vídeo, com sensibilidade e humor, e evoca um desejo: que haja amor, sempre e por tudo. Participou de festivais no Marrocos, Argentina e Peru.
A montagem tem tudo para ser um dos grandes destaques do 5° K-iau em Cena. Imperdível.

24 janeiro 2012

Em cena com você # 3

foto: Renata Delgado

Por: Dionizio Santana,Mayrane Borges 

Nessa segunda feira dia 23 de Janeiro, o grupo teatral regional Ícaros do Vale marca sua presença no festival nacional de teatro de Araçuaí com a apresentação da peça “TERRA”. O grupo apresenta a historia de João Boa Morte, um trabalhador rural sem chão, que trabalhava para um grande coronel latifundiário do nordeste brasileiro.  A peça cita fatos verídicos como, por exemplo, os massacres de El Dourado de Carajás (1996) e do Carandiru (1992) junto a Chacina da Candelária (1993), os quais deixaram inúmeros mortos e centenas de feridos.

O grupo usa músicas ao vivo que traz na letra todo o sofrimento e a luta dos trabalhadores, que mesmo no desespero encontram a Reforma agrária como saída para combater a exploração e todo o sofrimento. Por fim revela que a luta na verdade não continua em um palco ou em um cenário de rua, que a cada dia nasce mais um, mais dois, que a luta não morre e cresse a cada mês.

Logo após a apresentação teatral do Ícaros o evento se finaliza com o show ao vivo Luciano Amaral, Sandro Silva, Joana D’arc e participações especiais.  


foto: Renata Delgado

Fala K-IAU #3

Ouça o programa de Fala K-aiu que é transmitido todos na rádio Vale FM às 16hs, até o ultimo dia de espetáculos:


Produzido pela Assessoria de Comunicação Colaborativa do 5º K-iau em Cena.
Locutores: Agda Bali e Widller Raphael

# 3 Boletim Informativo do 5º K-IAU em Cena # 3


Dia 24 - Espetáculo: Vem Ver Boi



"Vem Ver Boi" tem na direção Lucílio Gomes, dramaturgia de Terezinha Lígia e direção musical de Amauri Tibo. O texto que foi sendo elaborado durante os laboratórios realizados para o espetáculo, e é um mosaico que retrata através da personagem Sá Dona a individualização do homem contemporâneo com suas mazelas políticas, existenciais e morais, mas também os valores culturais, em especial os festejos de Boi que permeiam todo o Brasil como fonte perene para mudanças de atitude, reacendendo nesse mesmo homem o desejo de se “ajuntar” para dançar, cantar e festejar.

Não Perca: Trinta anos dedicados a arte teatral. O Grupo Fibra de Montes Claros celebra estas três décadas com mais um belo espetáculo. «Vem ver Boi», apresenta uma narrativa moderna sobre o homem moderno, em meio às festas populares.

A peça lembra também as festas populares. O folclore do Norte de Minas aparece com a batida e as cores dos catopês. E com o balanço do boi bumbá.

Duração: 60 minutos - Recomendação: 16 anos

23 janeiro 2012

Fala K-IAU # 2

Ouça o segundo programa Fala K-iau:


Produzido pela Assessoria de Comunicação Colaborativa do 5º K-iau em Cena.
Locutores: Agda Bali e Raphael Barreto

Dia 23 - Espetáculo: Terra



Espetáculo: Terra
Grupo: Ícaros do Vale – Araçuaí/MG
23 de janeiro de 2012 – Segunda às 20h

Baseado na obra de Ferreira Gullar, o espetáculo conta a história de um lavrador que reage à exploração do fazendeiro e, por esta razão, é condenado a vagar pelo sertão, pois não encontra ninguém que lhe dê emprego. Quando resolve matar a mulher, os filhos e a si próprio, encontra Chico Vaqueiro, que o conduz ás ligas camponesas.

Na montagem, o grupo aborda a luta de classes e organizações em defesa da vida, contra a ideologia dominante que tem mantido o Vale do Jequitinhonha eminentemente rural, com séculos de atraso em relação as conquistas sociais. A política da ditadura do boi refletindo profundamente sobre o êxodo rural na região.

Não Perca: O mais novo espetáculo do Grupo Ícaros do Vale faz a sua estréia oficial no 5° K-iau em Cena.

Fundado em 1996, o Ícaros monta trabalhos com uma linguagem própria e elementos bem típicos do Jequitinhonha, o grupo leva o público a refletir sobre temas importantes para a região como a mortalidade infantil e a valorização da cultura local. Em 2008 integrou a III Mostra Latino Americana de Teatro de Grupo no Centro Cultural São Paulo.
A companhia coleciona diversos prêmios em festivais em todo o Brasil. 

Duração: 60 minutos - Recomendação: Livre

Em cena com você # 2 - dia 22/01/12


Foto: Laís Oliveira


Por: Dionísio Santana e Mayrane Borges


A segunda noite do k-iau  foi um sucesso, o publico compareceu em peso!  Com um ótimo jogo de iluminação, o espetáculo Édipo Rei, interpretado pelo grupo Teatro Andante, começa silencioso em um tom de mistério, mas logo o silencio é quebrado e todo o espaço é tomado por sons e vozes. No desenrolar da peça estamos todos com a atenção voltada para o espetáculo com grande curiosidade e ansiedade para saber o que havia por vir.

Os artistas Angela Mourão, Beto Militani, Gladys Rodrigues e Glauco Mattos, dirigidos por Marcelo Bones, apresentam em um palco central com toda a platéia organizada de forma circular, usam pernas de pau e diversos instrumentos.

A obra é baseada a em uma tragédia grega milenar conhecida por todo o mundo. A historia de  Édipo que mata o próprio pai e se casa com sua mãe, tem quatro filhos com ela e se torna rei. Ao descobrir tal coisa, ele se sente decepcionado com si mesmo e perfura os próprios olhos derramando sangue e remorso.


____________________________________


Ouça a entrevista feita com o grupo Teatro Andante à Rádio Vale FM,  Araçuaí: 

# 1 Boletim informativo do 5º K-IAU em cena # 1


VIVA, TAMBÉM A SUA PRÓPRIA CENA EM ARAÇUAÍ – Dicas para os visitantes



Por: Anselmo Júnior 

A noite do pessoal que veio para o K-IAU EM CENA já está salva. Além dos espetáculos na parte interna do Luz da Lua, após os espetáculos tem o barzinho, com música ao vivo. E entre uma dose de cachaça tesourinha ou melodia, e outra, vem a pergunta: o que fazer de dia em Araçuaí?

Para quem não é da cidade , ou quem não está acostumado, a reclamação parece ser unânime. Todos reclamam do calor e da “paradeira”. E nada melhor para acabar com o calor que cerveja gelada.  Junte isso a uma boa comida e espaço onde se pode conhecer de verdade o povo da cidade. O resultado dessa mistura é o Empório Canoeiro, que fica no Mercado Municipal.

Depois de beber e comer bem, lugar para relaxar e conversar não falta. As praças da cidade ganham por excelência nesse quesito. Porque jogar conversa fora embaixo da sombra de uma árvore, sentados num banquinho e tomando um copo imenso de sorvete, na Praça do Fórum e das Rosas têm sorveteria, é muito bom.

Seguindo com o tour, apresento-lhes a parte cultural de Araçuaí. A final de contas a cidade é referência no Vale por conta de seu artesanato, grupos teatrais e corais. Por exemplo, na Loja e Café Vale com Valor, pode-se encontrar a produção artesanal de todos os corais e grupos teatrais de Araçuaí. O espaço ainda conta com um café e livraria. O sanduíche natural, junto com o suco de tamarindo são simplesmente ótimos! Vale a pena provar o pão de queijo e o café. A loja ainda conta com exposições fotográficas.

Em artesanato ainda têm a Associação de Artesão de Araçuaí com os produtos dos artesãos locais. E a loja do Dedo de Gente – pertinho do Luz da Lua – tem esculturas em ferro e madeira, além de trabalhos com tecidos. Todos lindos!

Após as compras, quem visita Araçuaí, tem lugar certo para agradecer e apreciar boa arte. Dentre as igrejas da cidade, destaca-se a do Rosário, que é a sede da Irmandade do Rosário dos Homens Pretos de Araçuaí. Nessa igreja acontece a Festa do Rosário. Expressão cultural e religiosa da cidade.

Enfim, talvez uma manhã ou este texto não sejam suficientes para descrever todas as atrações dessa cidade. K-IAU para aqueles que a conhecem, possui muitos outros atrativos esperando-lhe na próxima esquina! Saia de casa ou do hotel e confira!

# 2 Boletim Informativo do 5º K-IAU em Cena # 2


22 janeiro 2012

Fala K-IAU # 1

Ouça o primeiro programa Fala K-iau:

FALA K-IAU #1


Produzido pela Assessoria de Comunicação Colaborativa do 5º K-iau em Cena.
Locutores: Agda Bali e Raphael Barreto

Dia 22 - Espetáculo: A história de Édipo



Espetáculo: A História de Édipo 
Grupo: Teatro Andante – BH/MG
22 de janeiro de 2012 – Domingo às 20h

“Édipo Rei” é uma das histórias mais famosas e mais antigas da humanidade, escrita por Sófocles, na Grécia, há 2500 anos. Conta a história de um rei que, sem saber, matou o próprio pai e casou-se com a mãe. Tratando da ambição do poder, do destino e do livre-artbítrio, a história tornou-se uma das peças clássicas gregas mais populares, sendo montada por artistas das mais diferentes gerações e sofrendo as mais diversas adaptações e interpretações em todo o mundo.

Nessa releitura do mito de, o grupo construiu um espetáculo contemporâneo, ágil, ousado na linguagem, politicamente atual e contundente na comunicação com o público.

Não Perca: O Grupo Teatro Andante é hoje um dos mais atuantes e importantes grupos de teatro de Belo Horizonte, tendo participado de inúmeros festivais nacionais e internacionais. Retorna ao “K-íau em Cena” após marcante passagem em 2007 com os espetáculos "Olympia" e “Grande Cello e Florina & Fusaca".
A montagem é dirigida por Marcelo Bones e tem no elenco: Angela Mourão, Beto Militani, Gladys Rodrigues e Glauco Mattos.

Duração: 50 minutos - Recomendação: Livre

Mais sobre o espetáculo do grupo teatral The Pambazos Bros



Por:  Thais Pereira


No dia 21 iniciaram as apresentações de teatro no Centro Cultural Luz da Lua. Contando com algumas cenas inspiradas em alguns escritores brasileiros o festival teve abertura com o espetáculo do grupo The Pambazos Bros. Eles apresentaram a peça Porongo Vandevile, que ao longo de sua duração mostrou que a interação com o publico é maior do que o comum.

Isso ocorreu porque eles chamaram o publico para interagir junto com eles. Isso é a maior motivação para se ver o espetáculo, pois o publico rir bastante e fica muito feliz.

Com isso eles acabaram conquistando mais o seu público com humor, a dança e do espetáculo, dessa maneira acabam criando um "Vandevile urbano": atual e de fácil compreensão com o público.


_______________________________


Ouça a entrevista feita com um dos integrantes do grupo The Pambazos Bros, Diego Martinez à Rádio Vale FM,  de Araçuaí.


Em cena com você # 1



por: Mayrane Borges e Dionísio Santana

A apresentação do grupo “THE PAMBAZOS BROS”, compostos por três atores sendo dois uruguaios e um brasileiro, na abertura do K-iau em cena no dia 21 de janeiro, foi um sucesso. O grupo inicialmente era composto pelos uruguaios, que chegaram ao Brasil em 2000, moraram em Campinas (SP), onde encontraram o terceiro integrante. A peça já está em cartaz há cerca de dois anos.

A apresentação começa, todos os olhares atentos ao único ator que estava no palco, com uma roupa preta, um chapéu e óculos extravagantes. A peça mal começou e nos fazia rir. Todos da platéia foram levados pelo som do violão. De repente, o público é contagiado no ritmo do som. Os espectadores se dividem e começam a gritar “HOW”, ”HAW”. Nesse momento, mal percebemos, mas o evento na verdade era composto não por aquele único ator: nós também éramos os atores ,totalmente interados, o que faz desta uma peça única. De repente, os outros dois atores entraram, de forma única e exclusiva, tirando várias gargalhadas da platéia. Novamente, como uma forma de interação, um dos atores pede a duas pessoas que o amarrem com uma corda e o prendam com uma algema. Ele ainda brinca: “Não vale fazer o fio dental”. Logo é lançado o desafio: com um balde em sua cabeça preso com fita, ele tem apenas um minuto para se livrar de tudo aquilo.

Realmente, uma peça única e internacional que já rodou o mundo.

Ah, não contamos o final do espetáculo...mas esse fica para aqueles que tiverem a oportunidade de vê-la em uma próxima oportunidade.

Por: Dionísio Santana e Mayrane Borges

Mais uma edição do Festival Nacional de Teatro de Araçuaí, "k-iau em cena" começou. Neste sábado, dia 21 de Janeiro. A abertura foi composta de um momento solene onde Zé Pereira e parceiros compuseram uma mesa de apresentação dos principais contribuintes para a realização desse evento. Já a programação cultural ficou a cargo do grupo “THE PAMBAZOS BROS” e dos músicos Luciano Tanure e Sandro Silva. A cobertura do evento está a cargo da Assessória de Comunicação Colaborativa composta por jovens de Araçuaí e universitários da UFMG. Durante todo o período do evento, ela estará trazendo informações de todo o festival através a rádio Vale FM, deste blog e de boletins impressos que serão distribuídos gratuitamente. 

Venha curtir o k-aiu em Cena!

21 janeiro 2012

Dia 21 - Espetáculo: Porongo Vandevile



Espetáculo: Porongo Vandevile 
Grupo: The Pambazos Bros – Uruguai/Argentina
 21 de janeiro de 2012 - Sábado às 20h

A peça faz uma releitura dos grandes shows de variedades do começo do século, e através da dança, da música ao vivo, da mágica, do malabarismo, e do humor, cria um vandevile urbano, atual e popular.

Este espetáculo toca os grandes temas que sempre tem preocupado o homem: o significado da vida, a morte, o amor, a violência, a amizade, as contas, o medo do desconhecido, etc.
Das mãos de Alberto e Walberto partimos para uma viagem por inesquecíveis quadros como o escapista e o transformista avícola, Nos instantes finais, deleitarão a platéia com uma performance de dança teatro, ao estilo Pambazos, que chegando ao limiar da tragédia nos presenteia com um surpreendente final feliz.

Não Perca: Com seus três espetáculos (Magika Merluza, La Mutante Varieté e Porongo Vaudeville) viajam se apresentando em diversos festivais, entre eles Festival Mundial de Circo BH/MG, Anjos do Picadeiro e Festival Internacional de Teatro de Calle Zacatecas (México), Festival de Humor La Matraka - Sonora (México), Muestra de Humor del Uruguay, Festival Internacional de Teatro de Guanare (Venezuela) e Festival de Teatro de Matanzas (Cuba).

20 janeiro 2012

5º K-iau em Cena - Festival Nacional de Teatro de Araçuaí/MG


O Festival Nacional de Teatro de Araçuaí "K-iau em Cena" é uma iniciativa da Produtora Luz da Lua, de Araçuaí, em parceria com a Companhia Forte de Teatro, de Belo Horizonte.
A primeira edição aconteceu em 2006 na Usina da Cultura- Centro de Referência Afro-indígena de Araçuaí (Quingem). A segunda e a terceira edição aconteceram no Centro Cultural Luz da Lua, que também sediará, de 21 a 29 de janeiro de 2012, a quinta edição.
A curadoria é de responsabilidade da Companhia Forte de Teatro, cuja coordenação é de Carlos Delgado.Além de ter a participação de grupos locais,o evento recebe companhias de outras cidades, estados e mesmo países. Muitos dos grupos que se apresentam no "K-iau em Cena" já participaram de alguns dos mais importantes festivais de teatro do país, como o de Curitiba,o de Londrina, Cena Contemporânea e Porto Alegre em Cena além de acumularem premiações no Brasil e no exterior.
Na edição de 2012 o Festival receberá pela primeira vez um grupo gaúcho, a “Companhia Solos & Bem Acompanhados” com os espetáculos “Sobre Anjos & Grilos - O Universo de Mario Quintana” e “Pois é, vizinha...” com atuação de Deborah Finocchiaro. Se destacam na programação do festival os premiadíssimos espetáculos “Hay Amor” e “Números” da Cia campineira "Os Geraldos", os divertidos “gringos” do "The Pambazos Bros” com “Porongo Vandeville” e a trágica “História de Édipo” com a adaptação contemporânea do conceituado Grupo Teatro Andante de Belo Horizonte.
Além dos espetáculos teatrais, o Festival também realiza o Bar Cultural todas as noites, no qual o grande público se reúne para ouvir cantores e corais locais.
Desde sua primeira edição, o evento foi abraçado pela comunidade araçuaiense, que tem contribuído e reconhecido de forma muito carinhosa a importância desse festival para a cidade e para a região.
O "K-iau em Cena" conta com o patrocínio da CEMIG e o apoio e colaboração de empresas locais.
Para mais informações entre em contato:
Cia Forte de Teatro - carlosdelgado@ig.com.br
Produtora Luz da Lua- produtoraluzdalua@yahoo.com.br
5º K-iau em Cena